quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

EM TEUS OLHOS

Em teus olhos vejo tanto carinho
que poderia me perder e estar feliz,
vejo um caminho que me faz desejar seguir
e nunca mais sair do brilho deste olhar
Teus olham me olham sorrindo,
uma força que eu sempre quis,
a felicidade que desejo e sempre por um triz
todo o amor que se possa amar,
tenho encontrado neste teu olhar.
Desejo e doçura tem guardado sim,
neste olhar, neste corpo e no sorrir,
neste olhar feito pra mim,
neste corpo que me faz querer mais,
no sorrir que com uma força especial,
irresistivelmente me atrai.
Tem um jeito especial para olhar,
e o desejo de poder compartilhar
todo esse carinho que se guarda
que te faz brilhar.


Read more...

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

PRECISO TE VER

Preciso te ver
(IVSON GOMES)

SEI QUE PRECISO TE VER
ASSIM COMO PRECISO DO TEU SOL
PRA PODER FLORESCER O AMOR EM MIM
PRA PODER SORRIR ASSIM

PRECISO DO TEU CORPO AQUI AO LADO
E PODER TE SENTIR E TE BEIJAR
PRA PODER CRESCER O AMOR EM MIM
PRA MOSTRAR QUE SOU ASSIM

A TUA VOZ ME ACALMA
AQUECE MINHA ALMA
FAZ FLUTUAR MEU SER
E TODO MAL DESAPARECER

TUAS PEGADAS, OS MEUS CAMINHOS
A VISÃO DE VOCÊ UM RODAMOINHO
ESSA DISTÂNCIA ME DÓI NA ALMA
MAS PRECISO TE ESPERAR,
PRECISO MANTER A CALMA.

Read more...

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

UM DIA



Meu corpo poderia estar frio sem desejos,
mas digo que estou bem e mantenho a aparência;
Minha alma poderia não estar em meu corpo,
mas tento sorrir como se ninguém pudesse ver o vazio;
Meu sentido não tem mais direção e nem faria sentido
tentar provar que ainda existia amor,
mas eu tentei me enganar cada instante,
achando que poderia enganar a todos,
que poderia enganar ao amor.

Tolo fui, tolo serei enquanto for covarde.
sempre que a minha vida não estiver em minhas mãos,
sempre que os olhares alheios superarem meus desejos
me perguntarei o que é felicidade?
Pois para mim tem sido momento de mentira e ilusão,
tem sido medo de entrega e medo de ser o que eu sou,
o que seria a felicidade enfim?

um dia as rédeas da minha vida estarão em minhas mãos
e de repente poderei olhar para trás e ver quanto perdi
ou ter a sorte de saber que a jornada começou neste momento,
esquecer que houve desejo, houve vontade e
lágrimas derramadas por uma solidão forjada no medo,
na incapacidade que tive de ser eu mesmo e
seria então o marco do descontentamento da minha felicidade,
onde o meu corpo frio poderia voltar a respirar
e todas as coisas que fiz agora serão reais,
por serem escolhidas por mim neste novo destino.

Será que um dia terei foças para tal feito?
Um dia as rédeas da minha vida estarão em minhas mãos?
Será que vou viver os amores, alegrias e terei uma vida
que outrora perdi por viver a vida forjada no medo?
Neste dia o meu sentimento sem direção faria sentido,
seria então o marco do descontentamento da minha felicidade,
onde o meu corpo frio poderia voltar viver.

Read more...

PARTICIPE!!

Campanha do Agasalho 2009

  ©Template by Dicas Blogger.